Como o investimento em Qualidade de Software se converte em lucro para as organizações?

Imagem de capa do post Como o investimento em Qualidade de Software se converte em lucro para as organizações?

Qualidade de software muitas vezes é visto como um “custo” e, como tal, as organizações procuram minimizar os custos o máximo possível. Sim, é verdade que a Garantia da Qualidade (QA) têm um custo, pois as organizações precisam dedicar testadores, analistas de teste, automatizadores de teste, dentre outros profissionais para verificar a qualidade do software. No entanto, apenas olhar para o teste de software como um custo não permitirá que seja visto que a Qualidade de Software pode aumentar a receita da empresa a longo prazo.

A economia do teste de software

Embora o teste de software exija um investimento, o serviço afetará positivamente a receita da empresa de várias maneiras, tais como:

Aumentar a Satisfação do Cliente

O objetivo final de muitas organizações é publicar o seu software para o maior número possível de usuários o mais rápido possível, porém quando o software é entregue com erros ou fornece uma experiência ruim, provavelmente fará com que os clientes procurem os produtos de seus concorrentes.

A melhor maneira de determinar se o software pode atender às necessidades do cliente e reter mais negócios é avaliando a sua satisfação. Um software bem executado e que oferece uma experiência de usuário de alto nível incentiva os usuários a permanecerem em sua empresa e a se tornarem clientes recorrentes. Com isso, à medida que ganha mais clientes recorrentes, a empresa acaba gastando menos na aquisição de novos clientes. 

Sendo assim, é fácil traçar uma linha direta com a Qualidade de Software, pois a melhor maneira de satisfazer as necessidades dos clientes é lançando um software com menos defeitos possível. Em última análise, o teste de software torna-se um centro de lucro que compensa definitivamente, pois aumentará a taxa de satisfação do cliente e ajudará a empresa a prosperar.

Acelerar a Inovação

Para se manterem competitivas no mundo de hoje, as empresas devem inovar continuamente, pois as organizações que puderem lançar software com menos defeitos possível e mais rapidamente conquistarão o mercado. A inovação constante, bem como uma forte experiência do usuário, gerarão clientes fiéis, aumentarão a receita e permitirão que atraiam novos clientes.

Aumentar a Produtividade

Tornar a qualidade de software parte do processo de desenvolvimento aumenta a produtividade. É claro que se levaria “menos tempo” para lançar um software quando não testado “minuciosamente” antes do envio. No entanto, qualquer tempo economizado é consumido pelas muitas horas que a equipe de desenvolvimento levará para corrigir esses erros. E esse problema é agravado porque leva muito mais tempo para consertar bugs na fase de produção do que na fase de projeto.

Ao incluir testes de software no fluxo de desenvolvimento, a equipe ganha tempo, aumenta a produtividade e economiza dinheiro.

Evitar retrabalho

É importante que os testadores testem o software durante todo o ciclo de desenvolvimento, porque quanto mais tarde no processo eles encontrarem um defeito, mais caro será consertá-lo. Mesmo que os desenvolvedores tenham que fazer grandes mudanças no início do projeto, não haverá grandes mudanças no orçamento. Na verdade, custa muito menos fazer alterações no software nos estágios iniciais do ciclo de vida do desenvolvimento do que nos estágios finais.

Evitar Desastres

Limitar os testes para colocar o software no mercado mais rapidamente representa um risco significativo para as empresas, pois o software pode ter um desempenho ruim, quebrar, comprometer a segurança, e talvez até “custar vidas”.

Por exemplo, em junho de 2021, uma das maiores operadoras de telecomunicações da França publicou o software com um bug que afetou os serviços de emergência em Paris por várias horas, causando a morte de quatro pessoas. Foi descoberto que as chamadas de emergência que dependiam da plataforma responsável ​​por enviar as chamadas foram gravemente afetadas por causa do bug.

Testar o software com antecedência e com frequência aumentaria as chances da operadora identificar o bug e evitar a tragédia.

Aumentar o conhecimento e a reputação da marca

Mais do que nunca, a presença online de uma empresa é a imagem de sua marca. Um software com defeitos afeta negativamente a receita de curto prazo, além de que pode causar uma perda devastadora de confiança na marca. Por outro lado, quando lançado um software com menos defeitos possível, aumentará o conhecimento da marca positivamente e melhorará sua reputação.

Não é raro as empresas estarem sob constante pressão para lançar novos produtos, porém softwares com erros vão afetar negativamente a sua receita e fazer com que os seus clientes busquem por seus concorrentes. Os testes automatizados, por exemplo, aceleram consideravelmente os testes de regressão, reduzindo também o tempo necessário para publicar um software sem erros no mercado, isso sem contar as várias outras técnicas de teste de software.

No fim, quanto mais rápido (e sem defeitos) uma organização lançar seus produtos, mais competitiva será. Inovação e velocidade no desenvolvimento de software são essenciais para o sucesso das organizações. A chave é maximizar a experiência do usuário de seus clientes e minimizar o risco de erros no processo de desenvolvimento.

A Testing Company presta um serviço completo de Qualidade de Software, atendendo sob demanda ou em projetos recorrentes, trabalhando no ciclo completo de desenvolvimento de software com soluções de testes manuais, testes automatizados, devops, documentação de software, entre outras. Fale agora mesmo com um consultor.

Compartilhar:
0 Comentários

Deixe seu comentário

Fale AGORA com um de nossos consultores

Comentário adicionado com sucesso