Conheça a importância de identificar bugs preventivamente no desenvolvimento de software

Imagem de capa do post Conheça a importância de identificar bugs preventivamente no desenvolvimento de software

O mercado de tecnologia vem se tornando cada vez mais competitivo e, para que as empresas não percam clientes ou oportunidades valiosas de negócios, é preciso investir em controle de qualidade desde as etapas iniciais de desenvolvimento de software.

Nesse sentido, um dos incômodos para os usuários de sistemas é encontrar falhas durante a utilização, algo que muitas vezes acaba afastando um potencial consumidor da marca. Na tentativa de evitar possíveis problemas, realizar testes surge como uma medida importante e preventiva para as empresas, devendo ser realizada preferencialmente por profissionais especializados nessa área.

A importância de identificar bugs preventivamente no desenvolvimento de software

A “testagem” é um importante processo para validar um software, sistema ou aplicativo para verificar seu correto funcionamento.

Segundo o ISTQB (International Software Testing Qualifications Board), a realização dessas análises é importante para identificar erros comuns ou complexos durante todas as etapas do desenvolvimento. Essas verificações preventivas também evitam o retrabalho e fazem a empresa se manterem competitivas no mercado.

Ainda de acordo com a ISTQB, os testes têm objetivos específicos que garantem:

  • A boa integração de todos os componentes;
  • A adesão de todos os requisitos para sua funcionalidade;
  • Redução com custos de manutenção corretiva.

A identificação prévia dos bugs permite que as empresas entreguem produtos com mais qualidade e confiabilidade para o consumidor final, impactando positivamente na experiência dos usuários.

Principais tipos de testes

Existe uma vasta lista de testes que podem ser aplicados ao sistema durante as etapas de desenvolvimento. É importante, entretanto, identificar quais são os mais indicados para o projeto. Entre os mais utilizados, estão:

– Teste de Unidade: Essa análise faz uma validação de cada componente ou unidade do código do sistema individualmente;

– Teste Funcional: Garante a validade das funcionalidades, regras e requisitos do software;

– Teste de Interface: Responsável por verificar a boa navegabilidade e funcionamento dos elementos da tela com base nas expectativas do usuário;

– Teste de Performance: Importante para verificar o tempo de resposta e desempenho do sistema;

– Teste de Volume: Utilizado para verificar a quantidade de dados que conseguem ser enviados ao servidor sem gerar sobrecarga no sistema;

– Teste de Carga: Verifica a capacidade do sistema quando acessado por muitos usuários ao mesmo tempo;

– Teste de Integração: Utilizado para verificar como os componentes do sistema entre si;

– Teste de Configuração: Verifica a disponibilidade do sistema em diferentes combinações de hardware e software;

– Teste de Segurança: Teste realizados para evitar falhas e avaliar a segurança de produtos de software;

– Teste de Compatibilidade: Verifica se o sistema consegue rodar em diferentes navegadores, dispositivos ou sistemas operacionais.

Benefícios do teste de software

Além de diminuir custos de manutenção corretiva e permitir que a empresa consiga entregar um sistema de qualidade para os seus usuários, a testagem preventiva também gera outros benefícios.

Uma das vantagens que mais se destacam como consequência desse serviço é, sem dúvida, a maior produtividade da equipe. Apesar de ser importante que o próprio gestor elabore um planejamento para tal, realizar esse trabalho em equipe é a melhor forma para garantir sua efetividade.

Sendo assim, ao criar um grupo de trabalho com desenvolvedores e testadores, o gestor consegue dar liberdade para a equipe, que passa a trocar opiniões e experiências que são importantes para que o trabalho flua corretamente. Dessa maneira, o ambiente de trabalho se torna produtivo, melhorando a qualidade dos testes, inclusive.

Outro grande benefício para a empresa desenvolvedora é potencializar a experiência do cliente. Diferentemente do que se imagina, essa experiência começa a ser estimulada a partir do primeiro contato do público-alvo com o sistema. Ao entender para quem se está produzindo e quais são suas expectativas, os desenvolvedores conseguem criar um sistema que seja competitivo e atenta as necessidades desse consumidor.

Diante de todos os benefícios e possibilidades, podemos entender que identificar bugs preventivamente faz a empresa ter tempo hábil para corrigi-los, evitando assim uma entrega ineficaz e mantendo a sua boa reputação de mercado.

Assim sendo, caso a sua empresa esteja tendo problemas de implementação e execução de testes, procure profissionalizar essa atividade. Você também tem a opção de contratar uma empresa de tecnologia especializada em teste, controle e gestão de qualidade de software.

Visite nosso site e descubra um pouco mais sobre o nosso trabalho e como podemos ajudá-lo com agilidade na entrega de resultados. Em um mundo cada vez mais globalizado e conectado, oferecer qualidade e agilidade nos sistemas digitais fazem toda a diferença.

Compartilhar:
0 Comentários

Deixe seu comentário

Fale AGORA com um de nossos consultores

Comentário adicionado com sucesso